Notas de viagem 2

Dessa vez, foi Crateús. Fomos nós quatro visitar familiares e se aventurar nas terras dos Inhamuns. As crianças estão curtindo as novidades do sertão: bichos, plantas e pratos típicos. A hospitalidade das pessoas é uma característica marcante. As mesas amplas e fartas são um convite à boa conversa e a degustação. As fotos de família recordam histórias pitorescas e saudosas, que cativam os visitantes de qualquer idade. Encontramos o fazendeiro, vaqueiro e poeta popular Manoel Teles. Ele nos brindou com suas cantorias de cordel. Aguardava a chegada de um amigo desafiante que estaria ali durante uma vaquejada, no dia seguinte.

Marcou-me também os momentos junto ao povo de Deus. Os valorosos irmãos presbiterianos, incansáveis na luta pelo evangelho. As mulheres habilidosas com as mãos e zelosas na oração pelos seus filhos que ainda não estão no Caminho. Vi a esperança no rosto de cada amada e a ardente expectativa de ajuntar seus queridos todos debaixo das asas amorosas do Senhor.

Cidade festiva. Muitas vezes, caída nos enganos da alegria que desvanece. Minha oração por ti, Crateús, é que o Altíssimo te cubra com a sua sombra protetora e tu venhas a conhecer a verdadeira alegria que há em Cristo, Rocha eterna.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: